Ih rapaz: Noivos passam mal antes do casório e ex é suspeita de envenenamento

0

Dione Quirino, 35, e Amanda Cássia Lopes, 27, se casariam neste fim de semana em Jaíba (MG), a 620 quilômetros de Belo Horizonte. A cerimônia civil ocorreria na sexta-feira (24), e a religiosa, neste sábado (25).

Na quinta (23), enquanto almoçavam com a irmã de Amanda, sua mãe e uma sobrinha, os noivos receberam uma caixa com bombons e taças de champanhe. Parecia um presente inofensivo e adequado para a ocasião.

Quando comeram as guloseimas, porém, tiveram uma surpresa ingrata. “O pessoal consumiu quatro bombons e, logo depois, todos começaram a passar mal”, diz o delegado Marconi Vieira, da Polícia Civil de Minas Gerais.

O cachorro, que também teria comido um pedaço de bombom, morreu na hora. Os noivos e seus familiares, incluindo uma criança de dois anos, foram levados para o hospital.

A polícia considera a hipótese de envenenamento. Na sexta, a ex-companheira de Dione foi presa sob a suspeita de praticar o crime. O nome dela não foi revelado.

Durante as investigações, a polícia descobriu que os bombons foram entregues por um táxi de Janaúba, a 70 quilômetros de Jaíba. O delegado Vieira diz que o motorista foi contratado por um mototaxista do mesmo município, que recebeu R$ 5 de uma mulher para fazer o serviço.

Ao ser ouvido pelos agentes, o mototaxista apontou as características da ex-companheira de Dione. Com base em análise de câmeras de segurança, em parceria com a Polícia Militar, as investigações reconstituíram todo esse processo e identificaram a suspeita.

“As filmagens mostram a mulher com a encomenda em uma bolsa preta andando pela cidade, procurando o mototaxista e entregando a encomenda para ele”, diz o delegado. “Depois, ela pega um táxi de Verdelândia, cidade onde a ex-companheira de Dione reside.”

Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de  Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro
×