Deputado Soldado Adriano José reforça pedido pela vacinação dos servidores da Segurança Pública

0

        

Segundo a Sesp, o Paraná tem atualmente 28 mil profissionais nesta área

    Eles não pararam desde quando a pandemia foi decretada em março de 2020. Dão flagrantes em festas clandestinas que ocorrem durante o período de isolamento social, onde muitos participantes estão sem máscara. Também abordam suspeitos nas ruas, prendem agressores, fiscalizam as rodovias do Paraná, estão dentro das delegacias e penitenciárias de todo o estado. Esses motivos já justificam uma prioridade na vacinação dos servidores da Segurança Pública. Por isso, nesta terça-feira (30) o deputado estadual Soldado Adriano José se reuniu com o secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, e reforçou o pedido de imunização para policiais militares, policiais civis, bombeiros e agentes penitenciários.

    “Todo dia infelizmente temos notícias de policiais que estão se contaminando e perdendo sua vida, deixando suas famílias. O secretário Beto Preto disse que a questão da vacinação já está no planejamento da Secretaria de Estado da Saúde. É um avanço importante, uma luta dos profissionais e dos deputados que fazem parte da Segurança Pública”, disse o parlamentar.

    No dia 10 de fevereiro o deputado já havia encaminhado ao Governo do Estado um pedido para que os profissionais da Educação e da Segurança Pública fossem incluídos nos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19. No entanto, no início do mês de março, o Ministério da Saúde anunciou que os presos serão vacinados primeiro que os servidores das forças de segurança e salvamento. O deputado Soldado Adriano José é contra este cronograma e por isso pediu ao secretário Beto Preto, que o Paraná continue seguindo o Plano Estadual e tão logo vacine policiais, bombeiros e agentes penitenciários.

    “Tenho plena certeza que quando isso acontecer será um ganho para o povo paranaense e para os profissionais da área Segurança Pública”, afirmou o parlamentar e vice-líder do governo na Assembleia Legislativa.

     De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), o Paraná tem atualmente 28 mil profissionais nesta área. No Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19 eles estão no grupo 10.

Deividi Lira- assessoria de Comunicação

 

Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de  Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro
×