ср, 25 мая 2022 г. в 14:19, Helga Marketing :

Covid: cinco capitais iniciam vacinação em crianças de 3 a 5 anos

0

 

Após o aval do Ministério da Saúde, ao menos sete capitais anunciaram o início da imunização com a vacina Coronavac, usada contra a Covid-19, em crianças entre 3 a 5 anos.

Fortaleza, São Luiz, Manaus e Belém já começam as aplicações na segunda-feira (18). O estado do Rio de Janeiro inicia o calendário fluminense na quarta-feira (20). A cidade do Rio começou na sexta-feira (15).

  • Rio de Janeiro (15/7)
  • São Luís (18/7)
  • Fortaleza (18/7)
  • Manaus (18/7)
  • Belém (18/7)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), reforçou, na tarde de sexta-feira (15/7), que nesta semana dará início à vacinação contra a Covid-19 para esta faixa etária.

A Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande fará uma reunião nesta segunda (17) para definir o início da nova etapa da campanha. O governo garante que será nos próximos cinco dias.

Doses são iguais às dos adultos

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a aplicação da vacina Coronavac na última quarta-feira (13/7), após reunião da diretoria colegiada. Dois dias depois, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que a Pasta deu aval para a decisão e que irá iniciar a distribuição.

Antes, a Coronavac era aplicada em crianças acima de 6 anos e que não tinham comorbidades. Agora, o imunizante será oferecido para brasileiros com 3 a 5 anos, em duas doses com intervalo de 28 dias.

Avaliação técnica

Pesquisadores defenderam, na Anvisa, que o imunizante se mostrou seguro e eficaz contra a Covid-19 nessa faixa etária. Rafaella Fortini, pesquisador do Instituto René Rachou, estrutura da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Minas Gerais, defendeu a aplicação.

“Vemos que as crianças desenvolvem uma resposta mais robusta do que os adultos e os idosos”, disse.

Na mesma tendência, Valéria Valim, professora de medicina da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e coordenadora de um estudo sobre o tema, declarou que a vacina reduz a internação de crianças.

Segundo a médica, estudos mostram que a Coronavac é tão eficaz nesta faixa etária como em crianças acima de 5 anos.

Gustavo Mendes, gerente de Produtos Biológicos, Radiofármacos, Sangue, Tecidos, Células, Órgãos e Produtos de Terapias Avançadas da Anvisa, indicou que o esquema vacinal seja de duas doses com intervalo de 28 dias.

Fonte: Metrópoles.com

Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de  Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro