Centenário do Sul: Pai que matou o assassino do filho é absolvido em Júri popular

0

Na última terça-feira, 23 de julho, o Fórum de Centenário do Sul foi “palco” de um júri popular que gerou bastante repercussão pelas Ruas da cidade.

O réu foi um senhor de 87 anos, popularmente conhecido como “Joaquim Mato Grosso”, autor confesso de um homicídio.

O Motivo do crime? O rapaz morto tinha matado o seu filho em 1.996. Os moradores mais antigos de Centenário do Sul lembram muito bem dos capítulos dessa “novela” da vida real.

A “vítima”, Sergio Passioni, foi solta pouco mais de 1 ano depois de matar o filho de seu Joaquim. O pai prometeu fazer justiça com as próprias mãos e assim o fez em outubro de 1999.

Depois de cometer o crime ele foi embora para outro estado e ficou 18 anos longe de Centenário do Sul, abdicando de conviver com família e amigos.

PAI É ABSOLVIDO

E como relatamos, no último dia 23 de julho essa história teve um fim. E o final foi “menos triste” para o senhor Joaquim Rocha de Souza. Ele foi absolvido por unanimidade pelo Júri.

A sensibilidade do Promotor de Justiça, representante do Ministério Público (pediu pela absolvição) e o trabalho da Dr. Patrícia Massier Nicácio, advogada de defesa, foram cruciais para o veredito final.

“Era um júri muito sensível, o Ministério Público não é sinônimo de acusação e muito menos uma fábrica de maldades”, argumentou o Promotor de Justiça, Renato Sant’anna.

Comentários

Os comentários estão desativados.