Alunos do oitavo ano de Guaraci entrevistam repórter do Terceira Opinião

0

Hoje foi um dia muito especial para o Terceira Opinião. Alunos do oitavo ano B do Colégio Estadual Carmela Dutra de Guaraci entrevistaram o repórter, editor-chefe do jornal, Alison Rodrigo, que estudou do quinto ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio na instituição de ensino.

A professora de Língua Portuguesa, Daniela Dezoti, foi quem teve a inciativa desse bate-papo com o objetivo dos alunos conhecerem melhor o responsável pelo jornal, além de saber os desafios da profissão. 

Os alunos RaqueleEmili, Lavínia e Diogo foram os “repórteres” representantes da turma. A entrevista foi através do Google Meet.

Veja a seguir quais foram as perguntas formuladas pelos alunos e a entrevista na íntegra:

O que explica o sucesso desse jornal?

 Há quantos anos você desenvolve o trabalho com o jornal?

 Por que decidiu escolher o nome Terceira Opinião para esse informativo?

O que te influenciou a trabalhar com o jornal?

Você teve apoio quando tomou a decisão de ser jornalista e trabalhar com o Terceira Opinião?

Vimos que o Jornal Terceira Opinião aborda diferentes tipos de notícias, mas vemos que as que mais se destacam são aquelas que abordam a nossa região, há pouco conteúdo sobre esporte e cultura. Por que decidiu selecionar esse tipo de conteúdo?

Quais são as vantagens e desvantagens de ser um repórter?

 Qual foi a sua maior conquista enquanto jornalista?

Sabemos que um jornal exerce um papel social muito importante na comunidade em que circula. Quais são as contribuições do seu jornal para a sociedade? Ou seja, ele estimula a prática da cidadania (cumprimento de leis, deveres dos cidadãos, o respeito aos valores e à ética)?

 Já entrevistou alguma personalidade, alguém muito conhecido pela sociedade?

 Qual é o assunto que mais gosta de publicar?

De todo conteúdo que já publicou, qual foi o que mais te marcou?

 Já teve dias em que não postou nada porque estava sem ideias?

 Já perdeu material importante antes de ser postado?

 O seu trabalho lhe confere algum perigo?

 Qual foi a situação mais bizarra que enfrentou enquanto jornalista?

Quais foram as contribuições de seu trabalho nos aspectos pessoais, sociais?

A pandemia dificultou o seu trabalho em algum aspecto?

Qual conselho você daria para quem quer seguir a sua profissão?

Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de  Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro
×