Treze policiais rodoviários são expulsos da PM acusados de cobrar propina de motoristas em estradas do Paraná

0

O Comando Geral da Polícia Militar do Paraná expulsou 13 policiais rodoviários estaduais acusados de cobrar propina de motoristas em estradas do sudoeste do Paraná. Os policiais foram presos pelo Gaeco antes e soltos cinco meses depois, respondendo o processo em liberdade.

Eles já tinham sido pegos em uma operação do Grupo de Atuação ao Crime Organizado (Gaeco) em 2018 e de acordo com a denúncia, eles faziam parte de um esquema organizado com 16 policiais, para arrecadar dinheiro de motoristas.

O Comando decidiu então expulsar 13 dos policiais processados. Entre os outros três, um pediu exoneração, outro não foi julgado por uma ação de nulidade em curso e o outro militar foi absolvido de uma única acusação. 

No processo, há provas de que os militares se organizaram, trocas de mensagens, conversas eletrônicas e gravações feitas com uma câmera escondida dentro de uma viatura da Polícia Rodoviária Estadual. Os policiais podem recorrer a decisão do Comando e ainda aguardam a sentença no Tribunal Militar em Curitiba.  

Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de  Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro
×