Sede da Secretaria Regional de Educação, Jaguapitã paga menos que o piso nacional para Professores, informa jornal

0

Pois, pois, no mesmo dia que o município de Jaguapitã realizou uma linda cerimônia para apresentar o novo secretário regional de educação, que foi eleito para representar 10 municípios da região que fazem parte de um consórcio, o jornal de mais prestígio no Paraná, Gazeta do Povo, soltou uma série de reportagens sobre o piso salarial dos professores no estado.

Foto da apresentação oficial do novo Secretário Regional de Educação.

A pesquisa foi realizada entre Agosto e Novembro de 2017, ano em que o piso nacional para 20 horas era de R$ 1.149,40 e 40 horas R$2.298,80. Lembrando que a partir de janeiro/2018 os valores passam a ser R$ 1.227,68 para 20 horas e R$ 2.455,35 para a jornada de 40 horas semanais

Pois bem, a Gazeta lançou uma ferramenta de pesquisa que você pode averiguar quanto está pagando cada município do estado aos seus professores. Vamos fazer uma reportagem mais ampla sobre isso em breve.

Mas, fazendo uma pesquisa rápida em alguns municípios da região, descobrimos que logo a sede escolhida para ser a Secretaria Regional de Educação, Jaguapitã, paga 9% menos que o piso nacional para os professores. Veja os dados corretos que tiramos do site da Gazeta do Povo:

Jaguapitã

55 professores na rede municipal, segundo Censo Escolar Inep 2016

Valor mínimo para 20 horas Valor mínimo para 40 horas
R$ 1.045,98 (-9,00% abaixo do piso) Não tem professor na carga horária
386º lugar

 

O município administrado pelo prefeito Ciro Brasil está na 386º posição. O que quer dizer que é a 14º (décima quarta) cidade que paga menos aos professores no estado, de um total de 399. Ainda segundo o jornal, 59 dos 399 municípios, não respeitam o piso nacional.

Me ajuda a te ajudar, Prefeito!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *