Padrasto é suspeito de matar criança de fome para castigá-la

0

Um trágico caso de negligência alimentar resultou na morte de uma criança de oito anos em Lagoa Santa, Belo Horizonte. Segundo informações da Polícia Militar, o padrasto é suspeito de proibir o menino de se alimentar como forma de punição. O triste episódio foi relatado por um irmão da vítima.

A criança foi levada ao hospital pelos familiares, mas infelizmente já chegou sem vida. A equipe médica constatou que o menino estava extremamente desnutrido, evidenciando que passava dias sem se alimentar.

A mãe da criança alegou que ele vinha apresentando sintomas de mal-estar e vômitos nos últimos dias, mas não o levou ao médico devido à sua gravidez e a iminente chegada do bebê. Mesmo após o nascimento, ela continuou negligenciando os cuidados médicos com o filho, alegando falta de recursos para dar assistência ao recém-nascido.

A Polícia Civil de Minas Gerais está investigando o caso como omissão, por considerar que a mãe falhou em proporcionar os cuidados adequados ao filho.

Ainda não há informações sobre a prisão do suspeito de causar a morte da criança.

Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

×