Gestante com suspeita de coronavírus diz que ficou sem isolamento adequado em hospital de Londrina

0

A Tarobá recebeu uma denúncia grave de uma mulher grávida com suspeita de coronavírus internada na UTI no Hospital Evangélico de Londrina. Ela alega que procurou atendimento, mas ficou 9 horas sem isolamento.

Confira a nota do Hospital Evangélico:

O Hospital Evangélico de Londrina comunica que tem tomado todas as medidas para o enfrentamento da pandemia de COVID-19. Uma junta de especialistas faz parte de um comitê interno de crise que estabelece as diretrizes direcionados pelo Ministério da Saúde. Dentre elas, um fluxo específico para os casos suspeitos de COVID-19, em que todos os pacientes com síndromes respiratórias aguardam com máscara o atendimento em uma sala específica e isolada das demais. Com isto, casos que não sejam síndromes respiratórias não tem contato com outros pacientes.

A paciente Manuela C. Volpini deu entrada às 18:18 quando retirou a sua senha, foi avaliada e internada em nossa Unidade de Terapia Intensiva que neste momento está capacitada ao atendimento para observação. A mesma se encontra consciente, orientada, respirando espontaneamente com leve desconforto e com quadro estável.

Fonte: Tarobá News

Comentários

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro