Familiares pedem justiça por adolescente que morreu em 2020 após atendimento na UPA Tancredo

0

    Na tarde deste sábado (13), familiares de Cristian Rodrigues de Oliveira, realizaram uma manifestação. O adolescente morreu no dia 11 de novembro de 2020 após sofrer um mal súbito. 

    O menino que completaria 15 anos neste sábado, estava com febre alta e vômitos, quando procurou atendimento na UPA Tancredo Neves, onde ficou em observação. Após algumas horas o garoto recebeu alta. Segunda familiares, após passar mal novamente, a família acionou o Samu que encaminhou o menino a Upa Tancredo novamente, onde foi medicado e liberado. 

    Ele passou mal novamente e os familiares afirmaram que acionaram o Samu que em primeiro momento pediu para que levassem o menino por meios próprios, mas a família insistiu para que eles fossem. Após uma demora de 20 minutos, a equipe chegou, mas o menino estava bem mal. Eles tentaram fazer manobras de ressuscitação, mas ele morreu no interior da ambulância. 

    Na data, o médico que teria atendido o adolescente chegou a ser afastado de suas atividades. Mas segundo a família, ele voltou a trabalhar. Os familiares pedem justiça e respostas sobre o caso que segundo eles, está caindo no esquecimento. 

    A mãe, Lurdes Rodrigues de Oliveira, conta que até o momento não foram procurados pela Prefeitura e não receberam nenhum suporte ou informações sobre o caso. 

Fonte: Tarobá News

 

Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de  Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro
×