Sem aula, Jaguapitã gasta R$ 14 mil em 1,5 tonelada de pão para creches e escolas em Janeiro

0

Pois, pois, cá estou eu falando mais uma vez de um caso bastante intrigante envolvendo o querido município de Jaguapitã. Durante meu ‘passeio virtual’ pelo portal de transparência da prefeitura, uma movimentação financeira me deixou um tanto quanto encabulado.

De acordo com informações do portal, no dia 31 de janeiro foram pagos R$ 14.250,00 (quatorze mil, duzentos e cinquenta reais) para a empresa SOUZA & BONTORIN LTDA referentes à aquisição de pão francês. Ao todo, foram 1,5 tonelada de pão divididos entre a Escola Newton Guimarães, Escola Paulo Freire, CMEI Claudicéia Rolim e CMEI Cida Nascimento. Veja os arquivos com as informações retiradas do portal:

pão 1
pão 2
pão 3
pão 4

Como todos os municípios da região estavam sem aulas em janeiro, decidimos entrar em contato via telefone com os centros educacionais relatados anteriormente para saber sobre o dia exato que os alunos retomariam (ou retomaram) suas atividades.

E aí que tá o “negócio”: Os CMEIS voltaram no dia 01 de Fevereiro e as Escolas voltarão no dia 19.  Para ser mais claro, à escola Newton Guimarães, que possui um empenho pago no dia 31 de janeiro no valor de R$ 4.750,00 referentes à MEIA TONELADA (500 kg) de pão, voltará com as aulas normais somente no dia 19 deste mês, segunda-feira. Veja detalhes do empenho:

Eis que fica um questionamento final: Se estavam sem aula em janeiro e pagaram de uma vez só, mais de 14 mil em um total de 1,5 tonelada de pão: Quem foi que comeu, Cirão?

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *