Quatro vereadores e um assessor de Astorga são denunciados pelo Gepatria e MP

0

Matéria de Cobra News

O Ministério Público ofereceu na sexta-feira (30), uma denúncia criminal contra quatro vereadores e o assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Astorga, no Norte-Central paranaense. Dois dos vereadores e o assessor foram presos no dia 13 de agosto – o então presidente do Legislativo e o assessor em flagrante, no momento em que estariam comprando o silêncio de um denunciante e testemunha em processo que apura irregularidades na gestão do Legislativo. Os outros dois foram citados por testemunha como coautores que dividiram o valor do suborno que seria pago mensalmente ao denunciante.

A denúncia, pelo crime de corrupção de testemunha (com pena prevista de reclusão de três a quatro anos e multa), foi feita conjuntamente pelo Núcleo de Londrina do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria) e a 1ª Promotoria de Justiça de Astorga.

Comentários

Os comentários estão desativados.