Porecatu: Delegado que pediu prisão preventiva de Avó dá aula de sensibilidade; Veja

0

Tivemos acesso com exclusividade à representação pela prisão preventiva contra a avó do menino encontrado morto em uma residência de Porecatu, feito pelo Delegado de Bela Vista do Paraíso, Marcos Paulo Rigoni Rubira, que está no plantão e acompanha o caso. 

O pedido foi feito na madrugada deste sábado, 18 de maio. Ele abusou da sensibilidade nas escritas. Veja: 

Comentários

Os comentários estão desativados.