Por ser menina, bebê é espancada até a morte pelo “pai”

0

Dois dias após sofrer graves agressões provocadas pelo próprio pai, uma bebê de cinco meses foi socorrida nessa sexta-feira (17) no Hospital Petronila Campos, no Parque Capibaribe, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. O pai, identificado pela Polícia Civil de Pernambuco como Augusto Silva da Cruz, de 23 anos, cometeu as agressões na casa da família, o que posteriormente resultou na morte da criança. Segundo a mãe, o homem não aceitava o fato de ter uma filha, já que queria um menino.

De acordo com informações preliminares da polícia, o pai agredia a criança há pelo menos três meses. A conselheira tutelar responsável pelo caso, Elisama Fernandes, alega que o Conselho Tutelar de São Lourenço da Mata recebeu o chamado por volta das 9h da manhã da sexta (17) do Hospital Petrolina Campos, que informou o estado grave da criança.

Fonte:  Cobra News

Comentários

Os comentários estão desativados.