Mulher acusada de matar amásio em Centenário do Sul vai ficar em prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica

0

Uma semana após o homicídio ocorrido no último dia 26 de janeiro em Centenário do Sul, em que uma amásia é acusada de matar o companheiro com uma facada no pescoço, a justiça resolveu substituir o pedido de prisão preventiva feito pelo Delegado contra a incriminada.

Fernanda de Melo Correa, 20 anos, vai esperar o seu julgamento em casa. No pedido prisão preventiva, foi decidido a substituição por prisão domiciliar com o uso de tornozeleira eletrônica.

Apesar da justiça ter ciência de um vídeo em que ela aparece aparentemente confessando o crime, a decisão do magistrado levou em conta os três filhos de pouca idade que a acusada possui.

Fernanda pode ser enquadrada no crime de homicídio, podendo ir a júri popular e se condenada pegar uma pena de 6 a 20 anos de prisão, ou ser denunciada por lesão corporal seguida de morte, com pena de 4 a 12 anos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *