MP denuncia e três professoras são presas por agredir crianças em Astorga

0

Via massa News

As três professoras acusadas de agredir e torturar pelo menos oito crianças em um Centro Municipal de Educação Infantil em Astorga tiveram a prisão preventiva decretada na tarde desta quarta-feira (5).

De acordo com o Promotor responsável pelo caso, Lucílio de Held Júnior, a Justiça acatou a denúncia do Ministério Público do Paraná e expediu os mandados de prisão, que estão sendo cumpridos pela Polícia Militar.

A princípio, de acordo com a Polícia Civil, as equipes ainda estão nas buscas e as educadoras não foram detidas até o momento.

Caso

A violência foi flagrada em vídeos, que mostravam uma professora agredindo os alunos, crianças de até dois anos e meio. Além disso, outras duas educadoras, que atendiam a mesma turma, assistiam a situação, sem nada fazer para impedir as agressões. As mulheres estão sendo acusadas pelo crime de tortura.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *