Ministro da Saúde prevê fim da obrigatoriedade de máscaras para novembro

0

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prevê que o governo federal poderá “recomendar” o fim do uso obrigatório de máscaras em lugares abertos no Brasil a partir do mês de novembro.

Em conversas com interlocutores, Queiroga projeta que, se os números da Covid-19 no país continuarem caindo, a pasta poderá orientar a abolição do uso de máscaras ao ar livre a partir de novembro deste ano.

Nesta segunda-feira (13), a média móvel de casos de Covid-19 no Brasil foi de 15.336. É o menor número desde 20 de maio de 2020, início da pandemia, quando o indicador registrou 14.647 infecções, em média.

Nos bastidores, o titular da Saúde ressalta ser pessoalmente favorável ao uso do equipamento de proteção. Ele pondera, no entanto, ser contra tornar a medida obrigatória por meio de lei. Queiroga tem sido pressionado pelo chefe. Nessa segunda-feira (13), o ministro recebeu do presidente Jair Bolsonaro uma mensagem de WhatsApp com a notícia de que Portugal liberou o uso de máscara nas ruas.

Fonte: TN

Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de  Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro
×