Mercado de trabalho é mais difícil para jovens entre 18 a 24 anos

0

Eles encaram com mais obstáculos para arrumar um serviço e, quando empregados, são os mais frágeis à demissão

O mercado de trabalho é mais  rigoroso com as pessoas entre 18 a 24 anos. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), os jovens encaram com mais obstáculos para arrumar um trabalho e, quando empregados, são os mais frágeis à demissão. 

Conforme a Carta de Conjuntura divulgada pelo instituto ontem, o aumento da população ocupada perdeu ritmo no decorrer de 2018 e na passagem do ano. O estudo é feito fundamentado nos dados da Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar Contínua (Pnad Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No trimestre móvel feito pelos meses de novembro e dezembro do ano passado e janeiro deste ano, a taxa de crescimento da ocupação, ou seja, o trabalho formal ou informal foi de 0,9%. Entre as pessoas de 18 a 24 anos, não houve aumento e sim, retratação de 1,3%.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Comentários

Os comentários estão desativados.