Licitação para a construção de trevos em Jaguapitã e Florestópolis é aberta

0

Mais um passo importante para a obra do Trevo para acesso à Jaguapitã foi dado nesta terça-feira , 03 de abril, com a publicação do edital de licitação pelo DER/Londrina. A abertura dos envelopes das empresas interessadas em executar a obra será no dia 4 de maio.

O edital prevê a construção de um trevo, em rotatória alongada, na interseção das PR-170 e PR-340, ponto de encontro de duas rodovias com tráfego intenso e pesado, principalmente de caminhões transportando cargas de São Paulo, do Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso em direção ao Porto de Paranaguá. Os motoristas que vem de uma rodovia para entrar na outra precisam cruzar os dois sentidos da rodovia com pista simples, uma manobra com alto risco de acidentes.A obra vai proporcionar o cruzamento de um sentido de tráfego por vez, por meio de uma rotatória alongada.

“O projeto elaborado pelo DER levou em conta o que é melhor em termos de segurança. E é isso o que queremos: o que for mais seguro para as pessoas que passam pelo local. Mais uma conquista e uma grande vitória para a nossa cidade de Jaguapitã e para nossa região”, explicou Tiago Amaral.

No final de janeiro, o deputado estadual Tiago Amaral e o prefeito Ciro Brasil estiveram no DER, em Londrina, para conhecer o projeto que estava em fase final de conclusão. Tiago e o prefeito Ciro Brasil solicitaram ao DER recursos para a obra. O valor máximo previsto no edital é R$ 1.945.058,12. O prazo de execução é de seis meses, após a assinatura do contrato.

Trevo Alvorada do Sul a Florestópolis – No mesmo edital, em lote separado,  também está previsto  um trevo de entroncamento da PR-090 com acesso à cidade de Alvorada do Sul, vindo de Florestópolis. O objetivo também é evitar o cruzamento de dois sentidos de tráfego em pista simples, pelos usuários da PR-090. A obra vai proporcionar o cruzamento de um sentido de tráfego por vez, através de uma grande rotatória.  O trevo hoje existente interrompe a PR-090 e prioriza o tráfego urbano que entra e sai da cidade causando confusão para o usuário da rodovia.O valor máximo previsto no edital é R$ 922.941,22. O prazo de execução é de quatro meses, após a assinatura do contrato.

 

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *