Jovem vai até a delegacia depor e fica preso pelo homicídio ocorrido no calçadão de Centenário do Sul

0

O município de Centenário do Sul vivenciou mais um homicídio cruel ocorrido na madrugada do último domingo, 16 de dezembro, no calçadão, ponto de grande movimentação da cidade.

Alysson Matheus de Souza, 19 anos, morreu após se envolver em uma briga e ser agredido com socos e chutes. Ele foi encaminhado para o Hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Jovem que morreu após ser agredido em Centenário do Sul.

Após investigação da Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar e do Ministério Público, dois jovens de 18 anos, moradores do município, foram apontados como autores do crime: Lucas Lopes da Silva e Jean Cleison Domingues.

UM DELES FOI PRESO NESTA TERÇA O OUTRO ESTÁ FORAGIDO

Lucas Lopes da Silva que é apontado como um dos autores do homicídio, foi até a Delegacia de Centenário do Sul na manhã desta terça-feira, 18. Após prestar depoimento à delegada Thais Orlandini Pereira, ele foi surpreendido com um mandado de prisão preventiva em seu nome expedido na última segunda, 17 de dezembro, e ficou preso no local.

De acordo com o primeiro depoimento, Lucas disse que as agressões começaram após uma discussão e troca de ofensas entre ele e a vítima.

O outro envolvido que também é apontado como autor das agressões, Jean Cleison Domingues, está com a prisão preventiva decretada e já é considerado foragido da justiça. A polícia foi até a residência de familiares do jovem e ele não foi localizado.

A polícia civil aguarda o laudo da perícia do IML que apontará a causa da morte. Se o homicídio qualificado for confirmado e eles forem condenados, Lucas e Jean poderão pegar de 12 a 30 anos de prisão.

SAMU DEMOROU À PRESTAR SOCORRO

De acordo com informações de algumas testemunhas que estavam presentes na cena do crime, a equipe do SAMU demorou para chegar até o local e inciar os primeiros socorros. Estima-se que esse tempo gire em torno de 45 minutos a 1 hora.

CONVERSAMOS COM A DELEGADA

Na tarde desta terça-feira, 18 de dezembro, fomos até a delegacia de polícia civil de Centenário do Sul e conversamos rapidamente com à delegada Thaís Orlandini Pereira. Ela nos informou como anda as investigações sobre o caso.

Ouça:

Comentários

Os comentários estão desativados.