Jovem que matou comerciante em Lupionópolis é condenado a 10 anos e 5 meses de prisão e pode ser solto em breve

0

Na última quinta-feira, 25 de abril, foi realizado o julgamento do jovem Vitor Alves dos Santos, autor confesso do homicídio que chocou o município de Lupionópolis que vitimou o comerciante Juarez, dono da lanchonete Skinão, ocorrido no dia 27 de junho de 2017.

Vitor foi condenado a 10 anos e 5 meses de prisão, por homicídio duplamente qualificado, usando de meio cruel, dissimulação e sendo privilegiado por ter agido sob violenta emoção. 

JOVEM PODE SER SOLTO EM BREVE 

Devido ao sistema de progressão de regime, Vitor pode ser solto em breve e ficar sob prisão domiciliar sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. Ele já cumpriu pouco mais de 1 ano e 9 meses de prisão provisória e esse tempo já lhe daria direito de cumprir a pena em casa.

O que pode deixá-lo em regime fechado por mais um período é o fato dele ter usado aparelho celular dentro da cadeia, isso é considerada uma falta disciplinar grave, segundo o Ministério Público. 

Comentários

Os comentários estão desativados.