Internacional: Adolescente de 14 anos mata toda a família após descobrir que mãe era, na verdade, sua madrasta

0

Matéria de UOL Notícias

Um adolescente de 14 anos confessou ter assassinado toda a família. A motivação dos crimes seria o fato de ele descobrir que sua mãe era, na verdade, sua madrasta.

Segundo a polícia, M.S., de 14 anos, admitiu ter matado o pai, John, 38, a madrasta, Mary, 35, e seus meio-irmãos, Aurora, 5, e Coleston, de apenas seis meses. O crime ocorreu na casa da família em Elkmont, no Alabama (EUA), em 2 de agosto.

Oficialmente, as autoridades ainda não informaram a motivação dos assassinatos, mas uma prima de M.S., Daisy McCarty, contou à imprensa que o jovem havia descoberto pouco antes do crime que Mary Sisk não era sua mãe biológica.

Daisy também contou que nos últimos meses, o adolescente estava se comportando de maneira problemática, tendo sido flagrado queimando animais vivos e invadindo a escola onde estudava.

De acordo com as autoridades, o garoto vai responder processo como menor de idade, mas isso ainda pode mudar.

O próprio adolescente chamou a polícia depois do tiroteio e informou os policiais que estava no porão da casa quando ouviu disparos no andar de cima. No entanto, os agentes notaram que havia algumas discrepâncias no discurso do jovem.

Quando foi confrontado pelos policiais, ele confessou ter atirado nos cinco membros de sua família. O adolescente ajudou os agentes a encontrar a arma usada que havia sido jogada em uma rua perto da casa.

Segundo site de notícias AL.com, a mãe biológica do menino morreu em 2011, no entanto o pai do adolescente tinha a guarda dele desde 2010, alegando que o garoto não se encontrava com a mãe biológica desde 2008.

Na Justiça, John afirmou a um juiz que a mãe biológica do adolescente bebia muito e usava remédios.

Comentários

Os comentários estão desativados.