Informações sobre o caso da criança queimada em Jaguapitã que vazou no Whatsapp

0

ALERTA DE AGRESSÃO

NA CIDADE DE JAGUAPITÃ PR, está criança sofre agressões constantemente e a suspeita é de sua própria mãe. Ela foi espancada e queimada com água fervendo. A justiça já está a par da situação, porém nenhuma atitude ainda foi tomada em relação ao agressor! Vamos divulgar e desmascarar esse monstro acabando com esta impunidade! Pedimos apenas que seja investigado o que ocorre com está criança. A mãe se chama **** e é suspeita dos atos por declarações de pessoas próximas. AUTORIDADES DE JAGUAPITÃ POR FAVOR SE ATENTEM A ISTO.

O Whatsapp do Jornal Terceira Opinião e de centenas de pessoas da região receberam essa mensagem junto com uma foto de uma criança queimada. Não divulgamos no nome da mãe e da vítima (que inclusive estava equivocado na mensagem). Checamos essa denúncia e conversamos rapidamente com algumas pessoas sobre esse caso.

Mesmo impulsionados por uma boa intenção, é importante deixar ciente a todos os que divulgaram essa mensagem o tamanho do mal que podem fazer e as consequências que poderão arcar. O Art. 17 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) é claro:  O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais. 

O conselho tutelar está acompanhando o caso de perto e recebeu muitas denúncias sobre o fato anteriormente (inclusive da escola em que a vítima estuda). A denúncia está em mãos do Ministério Público que já tomou algumas providências.

A criança foi tirada de risco e abrigada em uma cidade vizinha até que a denúncia seja solucionada definitivamente. 

E a mãe? Não existe nenhuma prova concreta contra ela até o momento. Diversas acusações a apontam como sendo a agressora, contudo, nenhuma delas foi provada. Inclusive, segundo informações de uma pessoa que acompanha o caso, nos depoimentos feitos pela vítima, são negadas qualquer agressão feita pela mãe.

As investigações vão continuar e qualquer novidade será informada por aqui.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *