Em Astorga, homem é morto pela PM e familiares se revoltam

0

Uma morte ocasionada por um policial militar no município de Astorga na noite do último sábado, 14 de abril, está dando o que falar.

Segundo a versão da PM, a mulher do homem assassinado acionou à polícia e relatou que ele estaria alterado e teria tentando alvejá-la com uma arma de fogo.

Chegando ao local, o policial relatou que o rapaz estava com uma espingarda e teria apontado a arma em sua direção. Em resposta, o militar atirou contra à vítima.

Luiz Henrique, 29 anos, morreu no local e seu corpo foi encaminhado ao IML de Maringá.

 

FAMILIARES REVOLTADOS

Segundo informações de familiares da vítima, um primo estaria no local da tragédia e a arma do homem assassinado estava sem munição. Ele teria pedido para os policiais não atirarem, pois a situação já estaria controlada e ele não apresentava nenhum tipo de perigo, mas não obteve sucesso.

Após a morte, familiares estavam revoltados com a ação policial.

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *