Florestópolis lidera ranking da lista de servidores que receberam auxilio ilegalmente

0

Ontem saiu a lista dos municípios do Estado do Paraná com a quantidade de servidores municipais que estão recebendo o auxílio emergencial de forma ilegal. É certo que as maiores cidades do estado que são Londrina e Curitiba tem o maior número de trabalhadores recebendo ilegalmente. 

Mas se formos colocar os números proporcionalmente com a quantidade habitacional de cada município, Florestópolis lidera o ranking de servidores recebendo ilegalmente. Outras cidades da região também foram citadas na lista.

As únicas cidades da região que não tiveram servidores recebendo ilegalmente e consequentemente não entraram na lista foram: Miraselva, Centenário do Sul, Itaguajé e Iguaraçu. 

Os servidores que receberam terão devolver o dinheiro, assim o Ministério da Cidadania criou um canal eletrônico para a devolução. O trabalhador poderá acessar e devolver por aqui: https://devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br/devolucao 

Cidades e quantidade de servidores recebendo ilegalmente

  • Florestópolis – 76 servidores 
  • Guaraci – 17 servidores 
  • Jaguapitã – 5 servidores 
  • Prado Ferreira – 2 servidores 
  • Porecatu – 3 servidores
  • Alvorada do Sul – 5 servidores 
  • Primeiro de Maio – 5 servidores 
  • Lupionópolis – 3 servidores 
  • Cafeara – 14 servidores
  • Santa Inês – 11 servidores
  • Santo Inácio – 1 servidor
  • Jardim Olinda – 12 servidores 
  • Paranapoema – 18 servidores 
  • Colorado – 50 servidores 
  • Nossa Senhora das Graças – 20 servidores 
  • Lobato – 17 servidores
  • Flórida – 20 servidores 
  • Munhoz de Mello – 22 servidores
  • Ângulo – 19 servidores
  • Santa Fé – 28 servidores 
  • Astorga – 28 servidores
  • Arapongas – 228 servidores
  • Rolândia – 15 servidores
  • Londrina – 257 servidores 
  • Maringá – 565 servidores 

A lista completa de todos os municípios e quantidades de servidores, você pode ver aqui:

lista-tem-quantidade-de-servidores-e-valores-recebidos-por-cidade
Comentários
Compartilhar.

Os comentários estão desativados.

Importante: Nós usamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso Site. Para saber mais sobre nossas políticas, veja em Política de  Privacidade.

Criado por WP RGPD Pro
×