Empresário da Naiara Azevedo sobre contratempos na Expocatu: “Cumprimos tudo o que estava combinado”

0

O empresário da cantora Naiara Azevedo entrou em contato com nossa equipe de reportagem para dar sua versão sobre o ocorrido na Expocatu. Para quem não acompanhou, a cantora começou o show pouco depois das 4 horas da manhã no evento e gerou muita revolta de boa parte dos que permaneceram no local e da comissão organizadora.

PALAVRAS DO EMPRESÁRIO

Segundo ele, o atraso ocorreu devido a um problema com os voos que estavam programados para serem feitos entre o show que ela realizaria em Nova Andradina-MT e o show de Porecatu. O empresário afirmou que a comissão organizadora estava ciente dos fatos a cerca de uma semana e por conta própria não emitiu nenhum comunicado prévio informando que o atraso iria acontecer.

Além disso, ele relata que foi feito um acordo entre o contratante e o contratado e ficou estabelecido um desconto no valor do show que seria referente a possíveis reembolsos a pessoas que tivessem ido embora antes da apresentação acontecer.

 

BRIGA NA JUSTIÇA

A comissão organizadora da Expocatu pretende impetrar um processo por quebra de contrato contra a cantora pelo atraso ocorrido na realização do show.

Contudo, o empresário da artista disse que cláusulas contratuais foram quebradas anteriormente por parte da organização no que se refere a prazos de pagamento. A última parcela que estava prevista para o dia 11 de junho teria sido paga no dia do show, 16 de junho.

Esse atraso foi confirmado por um membro da comissão.

 

COMISSÃO SE PRONUNCIA

Entramos em contato via Whatsapp com dois membros da comissão organizadora. Um deles, nos passou um áudio de um produtor da artista dizendo que estava previsto para ela iniciar o show 2h30min, mesmo com o atraso. De “2h30 para 4 horas é muito diferença”, relatou um membro da comissão.

Finalizando, eles disseram que não aceitaram uma quantia oferecida pelo empresário da artista no valor de R$ 10 mil para que a comissão usasse com reembolso de ingressos. Eles voltaram a afirmar que entrarão com uma ação de quebra de contrato e indenização em Goiânia, local que fica o escritório da cantora.

 

O empresário da cantora afirma que já havia dado um desconto de R$ 9.500,00 sobre o valor final para arcar com os contratempos que poderiam ocorrer e que no dia do show eles teriam acordado outro desconto de R$ 10 mil que seria quitado nesta segunda (18). O fato teria sido presenciado por algumas testemunhas. Contudo, segundo o empresário, um dia após o show e o acordo, possivelmente orientado por um advogado, um membro da comissão disse que não iria mais aceitar o último desconto e afirmou que iria brigar judicialmente com os representantes da cantora.

O empresário terminou à reportagem dizendo: “Nossa equipe cumpriu tudo o que prometeu em conversas que tivemos com eles, a Naiara pediu desculpas e não atendeu os fãs em Nova Andradina para cumprir o horário com Porecatu, eles não foram honestos em avisar para o público que comprou o ingresso da Expocatu que atrasaríamos”.

 

*Observação: Tivemos acessos a dezenas de conversas e áudios de Whatsapp entre a comissão organizadora e a equipe de produção da cantora e constatamos  todas as versões ditas por ambas às partes.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *