Em Centenário do Sul, MP eleitoral denuncia diretor de colégio por liberar divulgação de evento contra o “fascismo”

1

Pois, pois, o Ministério Público Eleitoral apresentou uma notícia de irregularidade contra o diretor do Colégio Padre José Pires em Centenário do Sul. Segundo informações, na última quarta-feira, 24 de outubro, ele liberou à distribuição de materiais de cunho político nas salas de aula no período matutino

O evento se chama “Ato Contra o Fascismo”, Democracia e liberdade e acontecerá neste sábado, 27, na avenida principal do município. O MST (Movimento Sem Terra) seria um dos idealizadores.

Alguns pais de alunos se manifestaram em redes sociais criticando o ato e disseram que isso teria haver com a preferência partidária do diretor.

Veja o trecho final da representação do Promotor Eleitoral, Renato Sant’anna: “Dessa forma, faz-se necessário que este Juízo Eleitoral determine a intimação do Sr. Ederson Pereira de Barros para que interrompa, IMEDIATAMENTE, a cessão ou permissão do espaço público, onde exerce o Ministério Público Eleitoral – Zona Eleitoral 159 cargo de diretor, para a distribuição do referido material, bem como de qualquer outro que denote intenção de propagar eventos com nítida conotação política neste município, nas dependências do Colégio estadual Padre José Pires”.

Comentários

Uma resposta para “Em Centenário do Sul, MP eleitoral denuncia diretor de colégio por liberar divulgação de evento contra o “fascismo””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *