Dois jovens, um deles neto da vítima, são presos por roubo que virou latrocínio em Colorado

0

A equipe de investigação da 26 Delegacia Regional de Colorado concluiu nessa quarta-feira (12) o latrocínio perpetrado contra Renato Arduini, de 78 anos, pioneiro conhecido como “Polaco Bicheiro”.

As provas do inquérito policial concluíram pela participação de Jean Marcos Bezerra da Silva, de 24 anos, já investigado por roubos e furtos na Comarca de Colorado, e João Vitor Bernabé, neto da vítima, de 18 anos.

Rotam prendeu o autor do crime.

Ambos foram até a casa da vítima no dia 1 de setembro de 2018 para levar dinheiro e armas. João Vitor ficou responsável por dirigir o veículo de fuga. Jean, executor do crime, entrou na casa e diante da reação da vítima, golpeou-o fatalmente. Ao sair, Jean deixou seu boné cair no local do crime.

Além de R$ 11 mil, foram levadas 3 armas de fogo, fotografadas por Jean horas depois dos fatos. As fotos foram postadas em redes sociais, visando sua venda.

Em posse dessas e outras provas, a Polícia Civil requisitou buscas e a prisão cautelar dos envolvidos. Nas buscas, foram localizados celulares e quase R$ 4 mil pertencentes à vítima. Os envolvidos permanecem presos na carceragem da 26ª Delegacia Regional de Colorado.

As armas levadas da residência da vítima ainda não foram localizadas; policiais militares auxiliam nas buscas dos armamentos.

Via Facebook “Alerta Geral” e Repórter Maringá.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *