Criança com paralisia cerebral morre após estupro

0

Santa Maria – Uma criança de cinco anos com paralisia cerebral morreu após ter sido vítima de estupro na madrugada de sábado. A menina não resistiu, apesar de ter sido levada ao hospital pela mãe.  O caso aconteceu no bairro Diácono João Luiz Pozzobon, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. A causa da morte será oficialmente conhecida após a emissão do laudo pericial.

A Polícia Civil identificou a autoria do crime e pediu a prisão preventiva de um homem de 18 anos, que foi concedida pela Justiça. Ele é filho do padrasto da vítima.

O jovem confessou o crime e foi preso. O inquérito policial instaurado irá apurar as circunstâncias do fato e será remetido no prazo legal à Justiça.

Comentários

Os comentários estão desativados.