A sorte está lançada: Campanha eleitoral começou oficialmente

0

Se você segue algum político em suas redes sociais percebeu algo diferente nesta quinta. A campanha eleitoral começou oficialmente nesta quinta-feira (16) para candidatos à presidência, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

A partir de agora, os candidatos estão autorizados a realizar carreatas e comícios, distribuir material gráfico e fazer propaganda na mídia e na internet (nesse último caso, só se os posts não forem pagos).

Enquanto a campanha acontece, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve publicar em edital todos os pedidos de registro de candidatura, e os partidos, coligações e o Ministério Público Eleitoral (MPE) podem entrar com pedidos de impugnação de candidaturas específicas.

É o que se espera que aconteça com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril, mas registrado no TSE no fim da tarde de ontem, ocasião celebrada por um ato em Brasília.

O TSE terá, então, até o dia 17 de setembro para analisar os pedidos de impugnação.

 

Calendário eleitoral

fim da campanha eleitoral terá duas datas diferentes. O dia 5 de outubro é o limite para a circulação de campanhas pagas na mídia impressa. O dia 6 é o prazo final para distribuição de material gráfico, passeatas, carreatas, carros de som e propagandas com alto-falante.

O horário eleitoral gratuito no rádio e na TV começa no dia 31 de agosto e vai até o dia 4 de outubro, três dias antes das eleições.

O primeiro turno será realizado em 7 de outubro; o segundo, no dia 24 de outubro.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *