Voltolini Pub em Santa Fé é sucesso de público; Mas, ação de vizinhos pode acabar com shows ao vivo no local

0

Quem já foi ao local ao menos uma vez concordará com nossa reportagem especial. VOLTOLINI PUB, em Santa Fé, o PUB (casa pública ou barzinho para nós brasileiros) que conta com shows ao vivo em todos os finais de semana é o local mais frequentado e requisitado de nossa região.

Com um ambiente moderno e super agradável, o local que tem pouco mais de 07 meses de existência já conquistou muitos visitantes de nossa região. É um PUB equiparado ao de centros maiores localizado em um pequeno município. Bem pertinho de nós, é sempre uma ótima opção para o final de semana. Antes, algo parecido só era encontrado em Maringá ou Londrina.

O crescimento do número de visitantes se deu muito por conta dos shows ao vivo que se tornaram marca registrada do local. Cercado de belos visitantes, da mais alta finesse e com uma vasta opção de bebidas sofisticadas e porções gourmets, de sexta a domingo o PUB também conta com uma boa música ao vivo.

 

VIZINHOS QUEREM ACABAR COM O SHOW AO VIVO

Como relatamos anteriormente, a música ao vivo foi o ‘empurrão’ que faltava para o PUB engrenar. Deu muito certo. Mas parece que os vizinhos não estão gostando muito disso…

Os moradores dos arredores do local entraram com seis (06) ações no ministério público com o intuito de acabar com os shows ao vivo do Voltolini. O motivo principal da ação é baseado em POLUIÇÃO SONORA.

Nossa equipe de reportagem conversou com alguns visitantes e com os proprietários do local que transferiram a responsabilidade para o som dos carros que passam de forma continua nas proximidades do bar.

“Viemos para Santa Fé com o objetivo de proporcionar um ambiente aconchegante com música ao vivo e agradar a população com algo que não existia na cidade. Um lugar novo para que o público possa se divertir sem ir muito longe. Com isso estamos movimentando a economia da cidade em geral (empregos, impostos, mercados, salões de beleza, lojas de roupas e sapatos, postos de gasolina, entre outros estabelecimentos comerciais, todos estão envolvidos no faturamento). Porém estamos enfrentando alguns problemas com vizinhos, os quais alegam que todos os problemas ao redor como carros que passam em frente com o som alto, são ocasionados pelo nosso bar”, afirma Grasiele Balabuch Voltolini, dona do PUB.

A lei específica aponta que o limite para shows ao vivo em barzinhos é de 45 decibéis. Segundo Angelo Voltolini, proprietário do local, eles usaram o medidor de intensidade de som no momento em que os shows foram realizados e a medida apontou números um pouco menores que os 45 decibéis previstos em lei. “Os vizinhos alegam que o som dos shows está acima dos 100 decibéis e não é verdade, usamos o medidor e estamos de acordo com a lei. Além disso, pedimos para todos os artistas tocarem o mais baixo possível devido a esses problemas que estamos enfrentando”.

Mas, apesar dos pesares dos donos, a briga na justiça continua e a qualquer momento, o Voltolini poderá ser obrigado a acabar com os shows ao vivo, indo na contramão de muitos municípios. Já que essa prática é comum em muitos bares de nossa região. Pois, se o dono do estabelecimento respeitar os horários e o limite de decibéis impostos em lei, não há motivos para barrar musicais ao vivo.

Vamos acompanhando de perto esse imbróglio judicial e torcendo para que o grande fluxo de som automotivo que circulam aos arredores do local não prejudique o Bar.

E para finalizar, desejamos VIDA LONGA ao Voltolini Pub.

 

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *