Proposta do TCE pode extinguir até 18 municípios da região com menos de 5 mil habitantes

3

Uma proposta baseada em um estudo exibido pelo presidente do Tribunal de Contas do Paraná, conselheiro Ivan Bonilha, entregue ao Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília, prevê que o estado reduza o número de municípios de 399 para 304.

De acordo com as análises realizadas pelo analista de controle do TCE, André Luiz Fernandes, o estado tem 95 municípios com menos de 5 mil habitantes que são “inviáveis economicamente, sem as condições mínimas de prestar serviços de saúde e educação para a população”. “É mais fácil fundir dois municípios e tornar um só”, afirmou Bonilha. “Diminuiria os gastos com câmara de vereadores e servidores, por exemplo”, explicou.

 A média de custo por vereador para a população é de R$ 16 por pessoa ao ano, no Paraná. Municípios menores, como Miraselva, no norte do estado, cada cidadão paga até R$ 135 ao ano por vereador. No total, o estado tem 3.802 parlamentares nas câmaras municipais.

A forma de fusão do município, que pode se integrar ou tornar distrito de outro deve ser apresentado pelas próprias câmaras das cidades ou através de iniciativa popular.

Em nossa região, há pelo menos 18 municípios que possuem população inferior a 5 mil habitantes. Se a proposta for aceita, a diminuição no número de municípios valeria a partir de 2021.

De acordo com informações, Cafeara poderia ser distrito de Lupionópolis; Miraselva distrito de Florestópolis; Prado Ferreira distrito de Jaguapitã; Nossa Senhora das Graças distrito de Santa Fé; Itaguajé distrito de Colorado; Santa Inês Distrito de Santo Inácio; Munhoz de Mello se fundir com Iguaraçu e Lobato,  Atalaia, Ângulo e Flórida virar um município só.

Veja os municípios da região que podem ser extinguidos:

Lupionópolis 4 859
Lobato 4 690
Itaguajé 4 639
Cruzeiro do  Sul 4 637
Iguaraçu 4 275
Nossa  Senhora das Graças 4 064
Atalaia 4 004
Munhoz de Melo 3 909
Prado Ferreira 3 668
Inajá 3 119
Pitangueiras 3 073
Paranapoema 3 050
Ângulo 2 964
Cafeara 2 873
Flórida 2 674
Miraselva 1 885
Santa Inês 1 765
Jardim Olinda 1 409

 

Comentários

3 respostas para “Proposta do TCE pode extinguir até 18 municípios da região com menos de 5 mil habitantes”

  1. ” ESSE TAL DE IVAN BONILHA EX-PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ E CONSELHEIRO DO MESMO,NÃO TEM CENSO DA REALIDADE QUE SE VIVE NAS CIDADES AMEAÇADAS DE SE TORNAR DISTRITOS DE OUTRAS DEVERIA VIR AQUI E VER NOSSO POVO FELIZ DE PODER NO IR NOSSO BANCO,NOSSO CORREIO,NOSSA PREFEITURA,NOSSA PRAÇA,NOSSO CAMPO DE FUTEBOL,NOSSA DELEGACIA DE POLICIA,ENFIM TUDO QUE NOSSOS PIONEIROS INICIARAM E OS PREFEITOS ATUAIS E A NOSSA COMUNIDADE CONTINUA,ESSAS CIDADES TEM ESSE NUMERO DE HABITANTES (QUE AQUI ESTA DESATUALIZADO),PORQUE A ECONOMIA GIRAVA EM TORNO DO PLANTIO DE CAFÉ,COM AS GEADAS,VIERAM OUTRAS CULTURAS QUE OCUPAVAM MENOS MÃO DE OBRA SEI QUE ISSO NÃO É MOTIVO PARA TORNARMOS VILA,AS CIDADES CRESCERAM MAIS LENTAMENTE MAIS TEMOS MUITA COISA BOA E A MAIOR DELAS É O ORGULHO DE SERMOS LOBATENSES,FLORIDENSES E OUTROS CIDADÃOS DOS MUNICIPIOS PREJUDICADOS TENHO CERTEZA QUE O NOVO PRESIDENTE DO TCE, OS DEPUTADOS ESTADUAL,FEDERAL E SENADORES OLHARÁ ESTE PROBLEMA COM CARINHO.

  2. Até que enfim uma proposta coerente com a realidade trágica e vergonhosa da situação do país. Não ê preciso muito raciocínio para se chegar á conclusão de que a única finalidade de tais municípios é simplesmente servir de cabide de emprego de pessoas que apenas parasitam a sociedade. É mais do que sabido e conhecido por todos que os habitantes quando precisam de atendimento recorrem aos municipios vizinhos e maiores. É uma coisa tão clara, lógica e necessária que os parasitas farão de tudo para impedir que se torne realidade. Devemos incentivar e cobrar que tal proposta seja colocada em prática….. URGENTEMENTE……

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *