Operação contra o tráfico de drogas prende organização criminosa em Bela Vista do Paraíso

0

A Divisão Estadual de Narcóticos – DENARC – deflagrou na manhã de hoje (10) a Operação Erínias com o cumprimento de 26 ordens judiciais expedidas pelo juízo criminal da cidade de Bela Vista do Paraíso, norte do Paraná. Foram 12 mandados de prisão preventiva, 09 de busca e apreensão e 05 de sequestro de veículos.

As investigações foram iniciadas há aproximadamente um ano e resultaram na apreensão de cerca de quatro mil pinos de cocaína, totalizando aproximadamente 3,2 quilos da mesma droga. Também foram apreendidos 2,7 quilos de maconha.

Durante o cumprimento dos mandados na manhã de hoje, 10 de outubro, mais uma pessoa foi presa em flagrante e foram apreendidos aproximadamente 140 porções de cocaína e 500 porções de maconha, já embalados para venda. Todas as apreensões foram realizadas na cidade de Bela Vista do Paraíso.

Além das prisões realizadas na data de hoje, durante as investigações outras 12 pessoas foram presas em flagrante e 02 menores apreendidos, todos pelo crime de tráfico de drogas, sendo que 8 foram surpreendidos tentando introduzir ilegalmente drogas na carceragem da delegacia do município.

As investigações da DENARC, com apoio da Delegacia de Bela Vista do Paraíso, revelaram que um homem de Londrina era o responsável por remeter drogas para aquela cidade e distribuir para seus prepostos, que posteriormente comercializavam para os usuários.

O líder dessa organização criminosa é proprietário de um grande estabelecimento de comercialização de peças usadas para motocicletas na região central da cidade de Londrina que a polícia suspeita ser utilizado para a lavagem do dinheiro oriundo do tráfico de drogas.

A origem do nome Erínias remete às entidades da mitologia grega que representavam a personificação da vingança, conhecidas como “Fúrias” na mitologia romana, eram as responsáveis por torturar e punir as almas pecadoras.

Trabalharam na operação Policiais Civis da Denarc, Delegacia de Bela Vista do Paraíso, Delegacia de Homicídios de Londrina, Subdivisão Policial de Arapongas, Grupo F.E.R.A e Canil DENARC, totalizando 40 agentes, executaram a operação.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *