Guaraciense desenvolve trabalho sobre biocombustíveis na Irlanda é é destaque em Jornal Inglês

0

O Guaraciense Clelton Santos, O bolsista de pós-doutorado no exterior pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), finalizou em maio deste ano o estágio pós-doutoral, que promoveu colaboração bilateral entre Brasil e Irlanda, por meio das Universidade de Campinas (UNICAMP) e a National University of Ireland Galway(NUIG).

Durante a estadia na Irlanda, Clelton teve a oportunidade de trabalhar em um centro de excelência na área de Bioquímica Industrial e Bioenergia, o que lhe permitiu desenvolver um trabalho na área de biocombustíveis usando enzimas recombinantes para melhorar a eficiência da degradação enzimática de biomassa. “Meu pós-doutorado teve por objetivo buscar novas alternativas para melhorar a hidrólise enzimática de biomassa vegetal para a produção de bioetanol. Os fungos são excelentes produtores de enzimas (celulases) capazes de converter substratos celulósicos em açúcares livre, que por sua vez, podem ser fermentados visando à geração de etanol. Contudo, ainda não é completamente conhecido o papel/importância de outras proteínas acessórias, envolvidas no processo de sacarificação da celulose”, explica o pesquisador.

Cruzando dados de genômica estrutural e de expressão gênica de um isolado do fungo Trichoderma harzianum linhagem IOC-3844, a pesquisa identificou uma proteína chamada Suolenina (Swollenin, em inglês) que participa ativamente auxiliando a atividade de outras enzimas envolvidas no processo de quebra da celulose. “As Suoleninas têm a capacidade de afrouxar as fibras de celulose, o que faz com que as enzimas que atuam em substratos celulósicos possam acessar tais substratos mais eficientemente, aumentando assim, sua atividade catalítica.”

 

No estudo, a equipe que Clelton fez parte clonou o gene da proteína em questão em um vetor de expressão e usou a bactéria Escherichia coli para superexpressar a proteína recombinante. “Após a expressão heteróloga em bactéria, a proteína recombinante derivada de T. harzianum foi purificada usando métodos cromatográficos e caracterizada estrutural e funcionalmente. Os resultados do nosso estudo, além de relatarem pela primeira vez a produção de uma Suolenina fúngica, usando um sistema de expressão de proteína procariótico, revelaram o potencial papel sinergístico das Suoleninas na degradação de biomassa”.

O sucesso do estudo fez com que fosse aceito para publicação em um relevante jornal inglês, Microbial Cell Factories. Clelton destaca a possibilidade de democratização do conhecimento a partir de ações como essa. “A publicação, especialmente em uma prestigiada revista da área, tem um papel preponderante para a divulgação da ciência, além de permitir o estabelecimento de um debate público entre ciência e sociedade. Com o advento das revistas conhecidas como open access, como a que publicamos o nosso estudo, todas as pessoas, incluindo cientistas, educadores, estudantes e leigos, podem ter acesso ao conhecimento científico de ponta. Desta forma, a divulgação cientifica decodifica a informação técnica para que ela possa ser consumida por todos, ao mesmo tempo que serve como um referencial para futuros estudos”, afirma.

Acesse o estudo “Production of a recombinant swollenin from Trichoderma harzianum in Escherichia coli and its potential synergistic role in biomass degradation” e veja a matéria completa de destaque em site do governo federal AQUI.

Clelton Santos, é mais um guaraciense de destaque mundo afora, que orgulho!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *