Em Lupionópolis, servidora que depositou dinheiro público em sua conta pega suspensão de 30 dias

1

O caso de uma servidora pública de Lupionópolis que teria depositado um cheque da APMF em sua conta, que informamos em maio de 2016 e que teria ocorrido em abril deste mesmo ano, teve um capítulo importante finalizado dias atrás.

Para quem não se lembra, a servidora que era responsável pela administração da conta bancária da APMF da escola Municipal Guido Maria Confort foi acusada de depositar em sua conta pessoal um cheque da APMF no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais), além de ter pego outro cheque para pagar uma conta própria no valor de R$ 523,00 em um estabelecimento comercial da cidade.

Ela foi indiciada em um processo que está nas mãos do Ministério Público Federal. O inquérito corre sem previsões para conclusões, mas, em depoimento, ela confessou que teria feito o depósito e o pagamento em que foi acusada. Segundo a servidora, o motivo das irregularidades seria um grave problema financeiro que teria deixado ela em situação desesperadora. Ela também relatou que a quantia já foi devolvida.

Além do processo no MPF, ela também passou por um processo administrativo instaurado pela Prefeitura Municipal de Lupionópolis. O processo foi concluído dias atrás e apesar das confissões por parte da investigada e trabalho da Comissão de Sindicância nomeada pelo poder executivo, foi optado por uma punição branda. A servidora ficará suspensa por 30 dias de trabalho, sem direito à remuneração.

A decisão está com data de 28 de abril e começou a valer a partir da última segunda feira, 02 de maio.

A servidora responde por peculato (furto de verba da administração pública) na Justiça Federal.

COMISSÃO DE SINDICÂNCIA ENTROU EM CONTATO

Membros da Comissão de Sindicância nomeada pela Prefeitura Municipal de Lupionópolis entraram em contato com nossa reportagem e relataram que eles não aplicam penas. Eles só julgou se a acusação é procedente ou improcedente e quem decide qual pena será aplicada é o prefeito municipal.

*Atualização 15:29

Comentários

Uma resposta para “Em Lupionópolis, servidora que depositou dinheiro público em sua conta pega suspensão de 30 dias”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *