Crucificaram Jesus em Santo Inácio, mas o fracasso do rodeio é resultado da derrota nas eleições

0

coluna

Pois, pois, o tema do momento é o ‘calote’ e o cancelamento do último dia de rodeio no querido município de Santo Inácio. Para se ter uma ideia do tamanho da repercussão, a matéria alcançou 85 mil pessoas via Facebook até o momento, com mais de 500 compartilhamentos… A notícia correu o Brasil.

Vamos lá: Dois mil anos depois eu vi Jesus ser ‘crucificado’ mais uma vez. Dessa vez, Sergio Jesus, o presidente da festa na edição de 2016.

Sergio tem culpa sim! Culpa de ter tomado algumas decisões audaciosas tampando os olhos para a realidade, culpa de ter fugido e culminado no cancelamento do último dia de festa sem o devido diálogo com os profissionais do rodeio. Mas, sua maior culpa foi acreditar que a prefeitura estaria ao seu lado, ajudando a festa, como assim o fez em todos os anos anteriores.

O fracasso da final do rodeio é resultado de uma devastadora derrota nas urnas por parte do prefeito. Só não vê quem não quer!

Um rodeio em cidades pequenas como Santo Inácio, Lupionópolis, Centenário do Sul e etc e com essa grandeza, NÃO SE PAGA sem uma devida contribuição e um belo apoio da prefeitura municipal. Os últimos 11 anos de rodeio tiveram apoio da prefeitura em Santo Inácio. Nesse, não teve. Resultado: A conta não fechou!

Sergio Jesus, um presidente inexperiente de um evento tão grandioso está longe de ser um estelionatário. Seu histórico de honestidade dentro do município fala por si só. Ele pecou em acreditar em pessoas que te abandonaram quando mais precisava. Esses mesmos que tiraram o presidente que estava dando certo por ‘picuinhas’ políticas.

Ao meu amigo prefeito um humilde recado: Quando você precisou Jesus esteve ao seu lado. Quando ele precisou de você, a história se repetiu, e a Jesus você negou!

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *